A Pedagogia Waldorf: bases epistemológicas de uma educação potencialmente salutogênica

  • Elaine Marasca
Palavras-chave: educação; pedagogia

Resumo

Este estudo de revisão parte da premissa de que o exercício de Saúde implica em Educação, abrangendo a complexidade que a noção exige. O objetivo é apresentar algumas das bases epistemológicas da Pedagogia Waldorf como proposta de uma educação salutogênica. A coerência desse sistema de ensino, apontando para o respeito ao ritmo de desenvolvimento integral que, nesta concepção abrange corpo, alma e espírito, pressupõe a construção de uma ordem interna, que enseja uma apropriação equilibrada de tempos e movimentos. Estimulando Pensar, Sentir e Querer igualitariamente, esse ensino concorre para a sustentação de um fluxo vital harmônico, potencialmente promotor de Saúde.

Biografia do Autor

Elaine Marasca
Médica pneumologista, formação em Medicina Antroposófica, Mestrado e Doutorado em Ciências da Educação. Membro gestor do LAPACIS - Saúde Coletiva - FCM - UNICAMP.

Referências

#

Publicado
2019-12-14
Como Citar
Marasca, E. (2019). A Pedagogia Waldorf: bases epistemológicas de uma educação potencialmente salutogênica. Argumentos Pró-Educação, 4(12). https://doi.org/10.24280/ape.v4i12.463
Seção
Artigo