O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.


  • Protocolo do Comitê de Ética em Pesquisa
  • Ao menos um dos autores tem título de mestre ou doutor.

  • O artigo não foi encaminhado para publicação em outra revista.

  • O texto está em Microsoft Word, sem informações que permitam identificar sua autoria.
  • O artigo segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.

     

  • Em caso de submissão a uma seção com avaliação pelos pares (ex.: artigos), as instruções disponíveis em Assegurando a avaliação pelos pares cega foram seguidas.

     

  • Incluir o Protocolo do Comitê de Ética em Pesquisa em caso de pesquisa com humanos.

Diretrizes para Autores

Normas para publicação na Revista Argumentos Pró-Educação

 

A Revista Argumentos Pró-Educação, periódico científico quadrimestral, publica trabalhos submetidos exclusivamente à Revista. Aceita-se para análise os textos publicados em anais de eventos, desde que revistos e ampliados. Nesse caso, a menção à publicação original deve ser feita em nota de rodapé vinculada ao título do artigo.

Para iniciar uma submissão, é necessário:

Ter, ao menos um dos autores, com título de mestre ou doutor.

Estar cadastrado no sistema SEER - o login e a senha serão a chave para o acesso ao sistema.

Dar anuência de que o texto não foi encaminhado para publicação em outra revista.

Encaminhar o texto em Microsoft Word, sem informações que permitam identificar sua autoria e dentro das normas da Revista.

Caso o artigo seja em coautoria, todos os autores devem estar cadastrados no sistema e, durante o processo de submissão, o autor principal deve incluir as coautorias.

Caso a pesquisa seja com humanos, enviar o Protocolo do Comitê de Ética em Pesquisa.

Para acompanhar o status da submissão, deve-se acessar o sistema.

 

Normas para apresentação dos originais

 

1 Tipos de trabalhos

Artigos

Pesquisas inéditas que não tenham sido publicadas, nem estejam em processo de publicação, em outro periódico. Os pesquisadores podem submeter estudos que sejam fruto de pesquisa empírica (trabalhos envolvendo dados primários e/ou secundários) ou teórica (estudos conceituais ou de revisão da literatura). Podem ser trabalhos em que sejam utilizados quaisquer tipos de metodologia científica.

Ensaio

Textos originais decorrentes de reflexões teórico-metodológicas cujas proposições demonstrem clara contribuição para a reflexão na área.

Relato de Experiência

Estudos originais sobre experiências profissionais, em qualquer nível de ensino que signifiquem contribuição para o debate na área da Educação.

Resenhas

Resenhas de livros recentes publicados em educação, tanto nacionais como internacionais. Elas devem conter análise que permita apreender o nível de importância do livro e atualidade da obra resenhada. Na apresentação da mesma deverão figurar os dados de autoria do autor do livro.

 

2 Títulos, Extensão, Resumo e Descritores

Os títulos dos manuscritos não podem exceder 12 palavras (incluindo artigos, preposições, conjunções etc.).

Os artigos, ensaios e relatos de experiência devem ter entre 15 e 25 páginas, incluindo tabelas, gráficos, quadros ou figuras, resumos e referências bibliográficas. O formato da página deve ser: numerada, com 3 cm de margem superior, 2 cm de margem inferior, 3 cm de margem esquerda e 2 cm de margem direita; parágrafo 1,25; espaço entre linhas 1,5; fonte em Times New Roman, corpo 12. A Resenha deve ter de 4 a 6 páginas.

Toda matéria, à exceção de resenhas e destaques editoriais, deve vir obrigatoriamente acompanhada de um resumo entre 100 e 150 palavras. Seguido de sua versão em inglês (abstract) e espanhol (resumen). Ao final dos resumos devem ser indicadas, no máximo, cinco palavras-chave (descritores) do conteúdo do texto, separadas por ponto, que devem ser buscadas no Thesaurus Brasileiro de Educação.

 

3 Citações, Remissões e Notas (cf. ABNT NBR 10520)

As citações literais curtas (até três linhas) são integradas ao texto, entre aspas, seguidas de parênteses com sobrenome do AUTOR em caixa alta, ano da publicação e página. Citações com mais de três linhas devem ser destacadas no texto com recuo de 4 cm, em espaçamento simples, em corpo 11, com a indicação: (AUTOR, ano, p. ). As remissões sem citação literal são incorporadas ao texto. Ex.: Silva (2013) afirma...

As notas de rodapé devem ser evitadas e utilizadas apenas quando for estritamente necessário, preferencialmente sem ultrapassar três linhas. Será usada numeração consecutiva das notas dentro do texto em corpo 10.

As siglas devem ser desdobradas quando mencionadas à primeira vez no artigo, sendo colocadas em parênteses. Da segunda menção em diante deve ser utilizada somente a sigla.

 

4 Tabelas, Gráficos, Quadros, Figuras

São apresentados em Word, integrados ao texto, numerados com algarismos arábicos, com títulos em negrito e cabeçalhos padronizados quanto ao formato e termos utilizados, em fonte 10 e em espaçamento entre linhas simples. As tabelas são abertas nas laterais e as imagens devem ter resolução de, no mínimo, 300 DPIs. A indicação da fonte é obrigatória e deve constar das referências e seu posicionamento no texto deve ser centralizado em fonte 10 e espaçamento simples.

 

5 Referências

As referências, restritas apenas às obras citadas no texto, devem vir ao final deste e se pautarem pelas normas da ABNT (NBR 6023, 2018). Devem obedecer à ordem alfabética do sobrenome do primeiro autor e os prenomes dos autores devem ser abreviados. Nas referências de até três autores, todos são citados, separados por ponto e vírgula. Quando ultrapassar três autores, citar somente o primeiro, seguido da expressão et al. (sem itálico). Seguem exemplos de casos mais comuns, retirados da norma citada.

Livro com um autor

LUCK, Heloísa. Liderança em gestão escolar. 4. ed. Petrópolis: Vozes, 2010.

Livro com dois ou três autores

GOMES, A. C.; VECHI, C. A. Estática romântica: textos doutrinários comentados. São Paulo: Atlas, 1992.

BAVARESCO, Agemir; BARBOSA, Evandro; ETCHEVERRY, Katia Martin (org.). Projetos de filosofia. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2011. E-book. Disponível em: http://ebooks.pucrs.br/edipucrs/projetosdefilosofia.pdf. Acesso em: 21 ago. 2011.

 

Capítulo de livro - autor diferente

ROMANO, Giovanni. Imagens da juventude na era moderna. In:LEVI, G.; SCHIMIDT, J. (org.). História dos jovens 2: a época contemporânea. São Paulo: Companhia das Letras, 1996. p. 7-16.

Periódico

REVISTA BRASILEIRA DE GEOGRAFIA. Rio de Janeiro: IBGE, 1939.

Artigo de periódico

DANTAS, José Alves et al. Regulação da auditoria em sistemas bancários: análise do cenário internacional e fatores determinantes. Revista Contabilidade & Finanças. São Paulo, v. 25, n. 64, p. 7-18, jan./abr. 2014. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S1519-707720014000100002. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1519-707720014000100002&Ing=en&nrm=iso. Acesso em: 20 maio 2014.

Artigo de jornal

OTTA, Lu Aiko. Parcela do tesouro nos empréstimos do BNDES cresce 566% em oito anos. O Estado de S. Paulo, São Paulo, ano 131, n. 131, n. 42656, 1 ago. 2010. Economia & Negócios, p. B1.

Evento

CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UFPE, 4., 1996, Recife. Anais eletrônicos [...]. Recife: UFPE, 1996. Disponível em: http://www.propesq.ufpe.br/anais/anais.htm. Acesso em: 21 jan. 1997.

Trabalho apresentado em evento

BRAYNER, A. R. A.; MEDEIROS, C. B. Incorporação do tempo em SGBD orientado a objetos. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE BANCO DE DADOS, 9., 1994, São Paulo. Anais [...]. São Paulo: USP, 1994. p. 16-29.

Autor institucional e legislação

BRASIL. [Constituição (1988)]. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Brasília, DF: Presidência da República, [2016]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituicao/Constituiçao.htm. Acesso em: 1 jan. 2017.

FUNDAÇÃO IBGE. Censo demográfico de 1980. Rio de Janeiro, 1982.

SÃO PAULO (Estado). Secretaria do Meio Ambiente. Tratados e organizações ambientais em matéria de meio ambiente. In: SÃO PAULO (Estado). Secretaria do Meio Ambiente. Entendendo o meio ambiente. São Paulo: Secretaria do Meio Ambiente, 1999. v. 1. Disponível em: http://www.bdt.org.br/sma/entendendo/atual.htm. Acesso em: 8 mar. 1999.

Teses e dissertações

AGUIAR, André Andrade de. Avaliação da microbiota bucal em pacientes sob uso crônico de penicilina e benzatina. 2009. Tese (Doutorado em Cardiologia) – Faculdade de Medicina, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009.

COELHO, Ana Cláudia. Fatores determinantes de qualidade de vida física e mental em pacientes com doença pulmonar intersticial: uma análise multifatorial. 2009. Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas) – Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2009. Disponível em: http://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/16359/000695147.pdf?sequence=1. Acesso em 4 set. 2009.

Materiais Especiais

MENDONÇA, Lenny; SUTTON, Robert. Como obter sucesso na era do código aberto. Entrevistado: Mitchekk Baker. HSM Management, São Paulo, ano 12, v. 5., n. 70, p. 102-106, set./out. 2008.

UM MANIFESTO 2.0 do bibliotecário. Mash up por Laura Cohen. Tradução Maria José Vicentini Jorente. [S. I.: s. n.], 2007. 1 vídeo (4 min). Disponível em: http://www.youtube.com/watch?vYj1pOA8DMrE. Acesso em: 12 maio 2010.

MOSAICO. [Compositor e intérprete]: Toquinho. Rio de Janeiro: Biscoito Fino, 2005. 1 CD (37 min).

 

ORIENTAÇÕES PARA ENCAMINHAMENTO DE DOSSIÊS

 

A Revista Argumentos Pró-Educação tem a opção de publicação em formato de Dossiê Temático, no qual se espera um conjunto de artigos tratando de temática pertinente à educação. Os propositores do dossiê podem ser professores ou pesquisadores atuantes na área e as propostas devem ser encaminhadas para análise aos Editores Associados da Revista, que após avaliação deliberarão pela aprovação ou não da proposta.

As propostas de dossiê devem ser enviadas para o e-mail argumentos@univas.edu.br e deverão preencher, como requisitos básicos, os seguintes itens:

1. Título e resumo da proposta do dossiê.

2. Nome e currículo resumido do(s) organizador(es) do dossiê (poderá ser organizado por até dois pesquisadores).

3. Sumário previsto do dossiê com a apresentação dos artigos que o comporão: títulos, autores e resumos de cada um deles (entre 100 e 150 palavras).

4. O organizador deverá solicitar a contribuição de especialistas de, no mínimo, 3 instituições diferentes da qual está vinculado. Sendo, preferencialmente, de estados diferentes.

5. Os artigos do dossiê não deverão ter sido publicados ou estarem em avaliação em nenhum outro periódico.

6. Caso a proposta seja aprovada, o organizador do dossiê terá que solicitar a todos os autores que observem as Diretrizes aos Autores contidas na página da revista e que se cadastrem e submetam seus artigos para avaliação pelo sistema da revista, de acordo com as datas acordadas com os Editores Associados.

7. A aprovação da proposta do dossiê não implica a aprovação automática dos artigos nele contidos. Cada artigo passará pelo processo de avaliação da revista e será apreciado por pareceristas da área. Após análise poderá ser solicitada aos autores a reformulação dos artigos ou até mesmo pode haver recusa dos mesmos caso não desfrutem da qualidade exigida para este tipo de publicação, o que implicaria a exclusão do artigo recusado do dossiê.

8. Serão aceitos dossiês com o número mínimo de 5 e máximo de 7 artigos.

9. Os Editores Associados esperam que o organizador acompanhe todo o processo, atuando junto aos autores quando solicitado.

10. O Organizador poderá ser autor de um artigo, e deverá redigir a apresentação do dossiê a qual abrirá esta seção da Revista.

11. Os casos não contemplados nestas diretrizes gerais devem ser encaminhados aos Editores Associados para análise.

 

ORIENTAÇÕES PARA ENCAMINHAMENTO DE NÚMERO TEMÁTICO

A Revista Argumentos Pró-Educação tem a opção de publicação em formato de Número Temático, no qual se espera um conjunto de artigos tratando de temática pertinente à educação. Os propositores do dossiê podem ser professores ou pesquisadores atuantes na área e as propostas devem ser encaminhadas para análise aos Editores Associados da Revista, que após avaliação deliberarão pela aprovação ou não da proposta.

As propostas de número temático devem ser enviadas para o e-mail argumentos@univas.edu.br e deverão preencher, como requisitos básicos, os seguintes itens:

1. Título e resumo da proposta do número temático.

2. Nome e currículo resumido do(s) organizador(es) do dossiê (poderá ser organizado por até dois pesquisadores).

3. Sumário previsto do número temático com a apresentação dos artigos que o comporão: títulos, autores e resumos de cada um deles (entre 100 e 150 palavras).

4. O organizador deverá solicitar a contribuição de especialistas de, no mínimo, 5 instituições diferentes da qual está vinculado, sendo, obrigatoriamente, de 4 estados diferentes e, preferencialmente, provindos de regiões diferentes do país.

5. Os artigos do número temático não deverão ter sido publicados ou estarem em avaliação em nenhum outro periódico.

6. Caso a proposta seja aprovada, o organizador do número temático terá que solicitar a todos os autores que observem as Diretrizes aos Autores contidas na página da revista e que se cadastrem e submetam seus artigos para avaliação pelo sistema da revista, de acordo com as datas acordadas com os Editores Associados.

7. A aprovação da proposta do número temático não implica a aprovação automática dos artigos nele contidos. Cada artigo passará pelo processo de avaliação da revista e será apreciado por pareceristas da área. Após análise poderá ser solicitada aos autores a reformulação dos artigos ou até mesmo pode haver recusa dos mesmos caso não desfrutem da qualidade exigida para este tipo de publicação, o que implicaria a exclusão do artigo recusado do número temático.

8. Serão aceitos números temáticos com o número mínimo de 9 e máximo de 11 artigos acrescidos de uma resenha. Sendo, obrigatoriamente, ao menos um artigo internacional.

9. Os Editores Associados esperam que o organizador acompanhe todo o processo, atuando junto aos autores quando solicitado.

10. O Organizador poderá ser autor de um artigo e deverá redigir a apresentação do dossiê a qual abrirá esta seção da Revista.

11. Os casos não contemplados nestas diretrizes gerais devem ser encaminhados aos Editores Associados para análise.

 

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

Ao menos um dos autores tem título de mestre ou doutor.

O artigo não foi encaminhado para publicação em outra revista.

O texto está em Microsoft Word, sem informações que permitam identificar sua autoria.

O artigo segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.

Em caso de submissão a uma seção com avaliação pelos pares (ex.: artigos), as instruções disponíveis em Assegurando a avaliação pelos pares cega foram seguidas.

Número Temático

A Revista Argumentos Pró-Educação tem a opção de publicação em formato de Número Temático, no qual se espera um conjunto de artigos tratando de temática pertinente à educação. Os propositores do dossiê podem ser professores ou pesquisadores atuantes na área e as propostas devem ser encaminhadas para análise aos Editores Associados da Revista, que após avaliação deliberarão pela aprovação ou não da proposta.

Dossiê

A Revista Argumentos Pró-Educação tem a opção de publicação em formato de Dossiê Temático, no qual se espera um conjunto de artigos tratando de temática pertinente à educação. Os propositores do dossiê podem ser pesquisadores atuantes na área e as propostas devem ser encaminhadas para análise aos Editores Associados da Revista, que após avaliação deliberarão pela aprovação ou não da proposta.

Artigo

Pesquisas inéditas que não tenham sido publicadas total o parcialmente, nem estejam em processo de publicação. Os pesquisadores podem submeter estudos frutos de pesquisa empírica (trabalhos envolvendo dados primários e/ou secundários) e teórica (estudos conceituais ou de revisão da literatura). Podem ser trabalhos em que sejam utilizados quaisquer tipos de metodologia científica.

Ensaio

Textos originais decorrentes de reflexões teórico-metodológicas cujas proposições demonstrem clara contribuição para a reflexão na área.

Relato de Experiência

Estudos originais sobre experiências docentes, em qualquer nível de ensino que signifiquem contribuição para o debate na área da Educação.

Especial

Textos diversos de pesquisadores convidados pela Revista com debates, opiniões e relatos de interesse para a área de Educação.

Resenha

Resenhas de livros recentes publicados em educação, tanto nacionais como internacionais. Elas devem conter análise que permita apreender o nível de importância do livro e atualidade da obra resenhada. Na apresentação da mesma deverão figurar os dados de autoria do autor do livro.

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.