MENINOS E MENINAS: QUESTÕES DE GÊNERO NA ESCOLA

  • Giovana Tolesani Camargo Universidade Estadual de Campinas
  • Fabiana de Freitas Pinto UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS
  • Ana Lúcia Guedes-Pinto UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS

Resumo

O presente trabalho parte das experiências vivenciadas por uma das pesquisadoras, professora do 5º ano do Ensino Fundamental na Prefeitura Municipal de Paulínia. Na busca por conhecer os sentidos produzidos e revelados por meio dos enunciados dos alunos, a experiência foi socializada e culminou na produção coletiva de algumas reflexões sobre gênero na escola. Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa que destaca situações interacionais do cotidiano escolar vividas entre professora e alunos e registradas em um caderno de campo. Dentre as diversas situações que chamaram atenção, destacamos dois episódios: uma disputa pelo primeiro lugar na fila do lanche e uma aula de Língua Portuguesa na qual os alunos questionam comportamentos de meninas e de meninos. As reflexões foram tecidas, principalmente, à luz dos teóricos da Análise do Discurso Pêcheux e Maingueneau.

Biografia do Autor

Giovana Tolesani Camargo, Universidade Estadual de Campinas
Mestranda da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - Grupo Aula (Trabalho docente na formação inicial). Departamento de Ensino e Práticas Culturais - DEPRAC
Fabiana de Freitas Pinto, UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS
Doutoranda da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - Grupo Aula (Trabalho docente na formação inicial). Departamento de Ensino e Práticas Culturais - DEPRAC.
Ana Lúcia Guedes-Pinto, UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS
Professora Doutora da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP - Grupo Aula (Trabalho docente na formação inicial). Departamento de Ensino e Práticas Culturais - DEPRAC.
Publicado
2016-08-31
Seção
Artigo