Desvendar problemas históricos: temporalidade e causalidade no ensino de História

  • Alessandro Mortaio Gregori Faculdade de Educação - Universidade de São Paulo (FE-USP)

Resumo

O artigo debate a questão do ensino de História a partir da ideia de explicação histórica, inspirando-se na teoria da História de Jörn Rüsen e em princípios da Educação Histórica. Investigam-se dois elementos essenciais nas narrativas explicativas produzidas por alunos: tempo e causalidade. Importantes componentes da construção do saber histórico dos estudantes, se pouco ou insuficientemente trabalhados no cotidiano escolar acarretam incongruências na produção de narrativas históricas explicativas.

Biografia do Autor

Alessandro Mortaio Gregori, Faculdade de Educação - Universidade de São Paulo (FE-USP)
Graduação em História pela FFLCH-USP. Mestre em Arqueologia pelo MAE-USP. Doutorando em Educação (Formação, Currículo e Práticas Pedagógicas) pela FE-USP.
Publicado
2018-11-28
Seção
Artigo