Revista DisSoL - Discurso, Sociedade e Linguagem http://ojs.univas.edu.br/index.php/revistadissol <p>A Revista DisSoL – Discurso, Sociedade e Linguagem ( ISSN 2359-2192) – é uma publicação eletrônica semestral, organizada e editada por pesquisadores discentes e docentes do PPGCL-UNIVÁS. Com o objetivo comprometido na divulgação da produção acadêmica de pesquisadores cujas pesquisas se filiam à área dos Estudos da Linguagem, a Revista DisSoL disponibiliza um espaço destinado, prioritariamente, à publicação de artigos de discentes da pós-graduação e da graduação, além da publicação de artigos produzidos por pesquisadores convidados. A Revista disponibiliza espaço para publicação de artigos originais, resenhas, entrevistas e produção artística, além das seções convidados e editorial.</p> Universidade do Vale do Sapucaí pt-BR Revista DisSoL - Discurso, Sociedade e Linguagem 2359-2192 <p><br />Autores que publicam na Revista DisSol mantém os direitos autorais e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Licença Creative Commons Attribution que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.</p><p>Ao submeterem textos para avaliação e possível publicação nesta revista os autores comprometem-se a respeitar os preceitos éticos de produção e publicação de pesquisas científicas.</p> Editorial http://ojs.univas.edu.br/index.php/revistadissol/article/view/660 Renata Chrystina Bianchi de Barros Cícero Costa Vilella Copyright (c) 2019 Renata Chrystina Bianchi de Barros, Cícero Costa Vilella 2019-07-09 2019-07-09 9 1 3 10.35501/dissol.v0i9.660 BRANCA DE NEVE E OS SETE ANÕES: UMA ANÁLISE DISCURSIVA DO FILME DE WALT DISNEY http://ojs.univas.edu.br/index.php/revistadissol/article/view/410 <p><strong>Resumo:</strong><br />Este artigo tem por objetivo fundamental analisar discursivamente os modos de representação imaginária sobre o trio: mulher, amor e o trabalho, a partir da versão fílmica da narrativa “Branca de Neve e os sete anões”. Trata-se do filme de Walt Disney produzido na década de 40 do século XX. Para isso, apoiamo-nos<br />no aparato teórico-metodológico da Análise de Discurso de cunho materialista, mobilizando conceitos como formação discursiva, imaginário e texto. </p><p><strong>Palavras-chave:</strong> Imaginário; discurso; Branca de Neve e os Sete Anões; materialidade fílmica.</p><p> </p><p>SNOW WHITE AND THE SEVEN DWARFS: A DISCURSIVE ANALYSIS OF THE WALT DISNEY MOVIE</p><p><br /><strong>Abstract:</strong><br />This article aims to analyze discursively the modes of imaginary representation about the trio: woman, love and work, from the filmic version of the narrative "Snow White and the Seven Dwarfs". This is the Walt Disney film produced in the 1940s. For this, we rely on the theoretical-methodological apparatus of Discourse<br />Analysis of a materialistic nature, mobilizing concepts such as discursive formation, imaginary and text.</p><p><strong>Key-words:</strong> Imaginary; discourse; Snow White and the Seven Dwarfs; the materiality of film.</p><p><em><br /></em></p><p><em><br /></em></p> Ilka de Oliveira Mota Maria Norma Lopes Souza Silva Joelma Alves Araujo Copyright (c) 2019 Ilka de Oliveira Mota, Maria Norma Lopes Souza Silva, Joelma Alves Araujo 2019-07-09 2019-07-09 9 5 23 10.35501/dissol.v0i9.410 O IDOSO EM AS BICICLETAS DE BELLEVILLE: A ESPESSURA SEMÂNTICA DA IMAGEM http://ojs.univas.edu.br/index.php/revistadissol/article/view/518 <p><strong>RESUMO:</strong> No presente artigo, analisamos e problematizamos o modo como o corpo idoso é significado no filme “As bicicletas de Belleville”, a fim de compreender e expor o olhar leitor a possíveis efeitos de sentido que podem afetar e constituir os espectadores, na condição de leitores. Para tanto, mobilizamos os procedimentos teórico-metodológicos da Análise de Discurso. Com a análise, foi possível compreendermos que esse objeto simbólico coloca em relação de oposição discursividades sobre o idoso de modo a instaurar uma crítica à sociedade norte-americana, em especial naquilo que ela é afetada pelo discurso capitalista neoliberal. Essa crítica, estendível às sociedades capitalistas neoliberais, movimenta a contradição constitutiva, de modo a alçar o idoso à condição de protagonista. Esse movimento produz o efeito lúdico, além de expor o modo como o idoso é significado no e pelo capitalismo mercadológico.</p><p><strong>PALAVRAS-CHAVE:</strong> discurso; significação; idoso; imagem; contradição.</p><p> </p><p>THE ELDERLY IN THE TRIPLETS OF BELLEVILLE: THE IMAGE'S SEMANTIC THICKNESS</p><p><br /><strong>ABSTRACT:</strong> In this article, we analyze and question how the body of the elderly is signified in the feature film “The Triplets of Belleville”, in order to understand and point out possible effects of meaning that can affect and constitute the audience taken here as readers. To this end, we mobilize theoretical and methodological procedures of Discourse Analysis. With the analysis, it was possible to understand that this symbolic object puts in a relation of opposition discursivities of the elderly that criticize the American society, especially where it is influenced by capitalist neoliberal ideologies. This criticism moves the constitutive contradiction, as to promote the elderly to the position of a protagonist. This movement produces the ludic effect, beside exposing the way in which the elderly is signified in and by the market capitalism.</p><p><strong>KEYWORDS:</strong> discourse; meaning; elderly; image; contradiction.</p> Flávia Motta de Paula Galvão Cármen Lúcia Hernandes Agustini Copyright (c) 2019 Flávia Motta de Paula Galvão, Cármen Lúcia Hernandes Agustini 2019-07-09 2019-07-09 9 24 35 10.35501/dissol.v0i9.518 OLHARES EPISTÊMICOS E(M) RELAÇÕES DIALÓGICAS: O GÊNERO DISCURSIVO CAPA DE REVISTA http://ojs.univas.edu.br/index.php/revistadissol/article/view/548 <p><strong>Resumo:</strong> Este trabalho delimitou como categorias para o estudo o dialogismo e o discurso, constitutivas do pensamento de Bakhtin, Volóchinov e Medviédev. Para tanto, selecionou-se como corpus a uma das<br />capas da revista IstoÉ, Nº 2548, publicada em 24 de outubro de 2018, no intuito de averiguar a incidência das relações dialógico-discursivas para concretização dos enunciados verbo-visuais. Embasada na teoria dos<br />gêneros discursivos proposta e desenvolvida por Bakhtin (2006 [1979], esta pesquisa procurou discursivizar os elementos presentes na capa da revista IstoÉ, a qual trouxe, como tema central, a candidatura do presidenciável petista Fernando Haddad.<br /><strong>Palavras-chave:</strong> Dialogismo; Discurso; Gênero discursivo; Capa de revista; IstoÉ</p><p> </p><p>EPISTEMIC GLANCES IN DIALOGICAL RELATIONS: THE DISCURSIVE GENRE MAGAZINE COVER</p><p><br /><strong>Abstract:</strong> This paper delimited delimited as categories for the study the dialogism and the discourse, constitutive of the thought of Bakhtin, Volóchinov and Medviédev. For this purpose, it was selected as a corpus for one of the covers of IstoÉ magazine, Nº 2548, published on October 24, 2018, in order to investigate the incidence of dialogical-discursive relations for the concretization of verb-visual statements. Based on the theory of discursive genres proposed and developed by Bakhtin (2006 [1979]), this research sought to discoursing the elements present in the cover of IstoÉ magazine, which brought, as central theme, the candidacy of the presidential candidate Fernando Haddad.<br /><strong>Keywords:</strong> Dialogism; Speech; Discursive genre; Magazine cover; IstoÉ</p> José Luciano Marcolino Leal Wilder Kleber Fernandes de Santana Pedro Farias Francelino Copyright (c) 2019 José Luciano Marcolino Leal, Wilder Kleber Fernandes de Santana, Pedro Farias Francelino 2019-07-09 2019-07-09 9 36 49 10.35501/dissol.v0i9.548 CIDADE RE-VISTA: EFEITOS DE VIAGEM/TURISMO E SUJEITO-DE-DIREITO NO DISCURSO JORNALÍSTICO http://ojs.univas.edu.br/index.php/revistadissol/article/view/577 <p><strong>Resumo:</strong><br />A revista de viagens é nodal para compreender o elo (significando) entre cidade e turismo. A partir da contribuição teórico-prática da Análise do Discurso, investigo neste artigo como o discurso jornalístico — o corpus é constituído por edições de “Viagem e Turismo”, “Viaje Mais” e “Qual Viagem” — faz circular sentidos sobre cidade e trabalha efeitos de viagem/turismo pela existência mesma do sujeito-de-direito em uma formação social que tende a opor trabalho a lazer.<br /><strong>Palavras-chave:</strong> revista de viagens; Análise do Discurso; discurso jornalístico; efeitos de viagem/turismo; cidade.</p><p>EFFECTS OF TRAVEL/TOURISM AND SUBJECT OF LAW IN JOURNALISTIC DISCOURSE</p><p><strong>Abstract:</strong><br />The travel magazine is nodal to understand the relation (meaning) between City and tourism. From the theoretical-practical contribution of Discourse Analysis, I investigate in this paper how journalistic discourse — the corpus is constituted by editions of "Viagem e Turismo", "Viaje Mais" and "Qual Viagem" — circulate meanings about City and works travel / tourism effects by the existence of the “sujeito-de-direito” in a social formation that tends to oppose work to leisure.<br /><strong>Keywords:</strong> travel magazine; discourse analysis; journalistic discourse; travel/tourism effects; City.</p> Edilberto Vinícius Brito Nascimento Copyright (c) 2019 Edilberto Vinícius Brito Nascimento 2019-07-09 2019-07-09 9 50 67 10.35501/dissol.v0i9.577 A PALAVRA BIBLIOTECA EM DIFERENTES CONDIÇÕES DE PRODUÇÃO DE SENTIDOS http://ojs.univas.edu.br/index.php/revistadissol/article/view/446 <p><strong>Resumo:</strong><br />Filiado à Análise de Discurso, o presente artigo tem como objetivo compreender o processo de produção de sentidos da palavra 'biblioteca'. Para isso, o corpus de análise é constituído por recortes da obra ‘O nome<br />da Rosa’, de Umbeco Eco, publicada em 1983, sendo ficção ambientada na Idade Média e popularizada por filme de Jean-Jacques Annaud, lançado em 1986. Também constitui o corpus de análise os recortes de artigos, da contemporaneidade, do advento Internet, que produzem novos sentidos para a palavra ‘biblioteca’. Dessa forma, nossa análise se volta para o modo como palavra 'biblioteca', enquanto "depósito de livros", se atualiza<br />em diferentes condições de produção de sentidos, na tensão entre o mesmo e o diferente.</p><p><strong>Palavras-chave:</strong> Análise de Discurso; Bibliotecas; Idade Média.</p><p> </p><p>THE WORD LIBRARY IN DIFFERENT SITUATION PRODUCTION CONDITIONS</p><p><br /><strong>Abstract:</strong><br />Affiliated to Discourse Analysis, this article aims to understand the process of producing meanings of the word 'library'. For this, the corpus of analysis is constituted by cuts of the work 'The name of the Rose', of<br />Umbeco Eco, published in 1983, being fiction acclimated in Average Age and popularized by film of Jean-Jacques Annaud, released in 1986. The corpus of analysis the clippings of articles, contemporaneity, the advent of the Internet, which produce new meanings for the word 'library'. In this way, our analysis turns to the way the word 'library', as 'deposit of books', is updated in different conditions of sense production, in the tension between the same and the different.</p><p><strong>Keywords:</strong> Discourse Analysis; Libraries; Middle Ages.</p> Natália Rodrigues Silva Copyright (c) 2019 Natália Rodrigues Silva 2019-07-09 2019-07-09 9 68 82 10.35501/dissol.v0i9.446 UM ESTUDO SOCIOLINGUÍSTICO DA LINGUAGEM DE ADOLESCENTES DE UM CENTRO SOCIOEDUCATIVO http://ojs.univas.edu.br/index.php/revistadissol/article/view/454 <p><strong>Resumo:</strong><br />O objetivo desse trabalho é identificar e verificar os sentidos de alguns termos e expressões presentes na linguagem de adolescentes que cumprem medidas socioeducativas de privação de liberdade em um Centro Socioeducativo, e constatar a possível dicionarização desses itens lexicais no dicionário Houaiss<br />(HOUAISS; VILLAR, 2011). Do total desses itens, constatou-se que 40 se encontram no referido dicionário com o mesmo sentido atribuído pelos entrevistados, o que pode indicar que estes já migraram da condição de<br />linguagem restrita a um grupo social específico para a linguagem comum; 64 itens se encontram dicionarizados, embora com um sentido diferente do atribuído pelos informantes, o que aponta o caráter polissêmico dessa linguagem; e 156 termos e expressões não se encontram dicionarizadas em Houaiss (2011), o que permite inferir o aspecto restrito e fechado que caracteriza esse código linguístico.</p><p><strong>Palavras-chave:</strong> Sociolinguística; Método qualitativo; Variação linguística, Adolescentes privados de liberdade.</p><p> </p><p>A SOCIOLINGUISTIC STUDY OF THE LANGUAGE OF ADOLESCENTS OF A SOCIO-EDUCATIONAL CENTER</p><p><br /><strong>Abstract:</strong><br />The objective of this work is to identify and verify the meanings of some terms and expressions present in the language of adolescents who comply with socioeducative measures of deprivation of liberty in Socio-educational Center, and to verify the possible dictionalization of these lexical items in the Houaiss dictionary (HOUAISS; VILLAR, 2011). Of the total of these items, 40 were found in the dictionary with the same meaning as the interviewees, which may indicate that they have already migrated from the restricted language condition to a social group specific to the common language; 64 items are dictionary-based, although with a sense different from that attributed by the informants, which points out the polysemic character of this language; and 156 terms and expressions are not worded in Houaiss (2011), which allows to infer the restricted and closed aspect that characterizes this language code.</p><p><strong>Keywords:</strong> Sociolinguistic; Qualitative method; Linguistic variation, Adolescents deprived of their liberty.</p> Rodrigo Mazer Etto Valeska Gracioso Carlos Copyright (c) 2019 Rodrigo Mazer Etto 2019-07-09 2019-07-09 9 83 110 10.35501/dissol.v0i9.454 O POVO SE CONVERTE EM MULTIDÃO: AS JORNADAS DE JUNHO DE 2013 E SEUS EFEITOS DE SENTIDO http://ojs.univas.edu.br/index.php/revistadissol/article/view/420 <p><strong>Resumo:</strong></p><p>Os protestos ocorridos no Brasil, em junho de 2013, marcam, na história recente do país, a recusa a uma conjuntura política e uma tentativa de renovação na forma de se fazer política. Neles, difundiram-se discursos contra o aumento de passagens de ônibus, de rejeição aos partidos políticos e de combate à corrupção. As diferentes posições que se enlaçam nesse cenário contrastam com a polarização advinda da campanha presidencial de 2014 e do agravamento da crise político-econômica que acirraram as disputas entre esquerda e direita. Apesar disso, as fronteiras dessa polarização não são rígidas, sobretudo se observarmos os protestos de 2013 e como elas põem em circulação os discursos por reforma política. Partindo do arcabouço teórico metodológico da Análise do Discursa francesa, temos por objetivo analisar como o enunciado “O povo acordou!”, que circulou nas manifestações de junho de 2013, congrega diferentes posições ideológicas a partir do mesmo acontecimento discursivo.</p><p><strong>Palavras-chave</strong>: Análise do Discurso; Multidão; Acontecimento Discursivo.</p><p> </p><p>THE PEOPLE BECOME A CROWD: THE DAYS OF JUNE 2013 AND THEIR EFFECTS OF MEANING</p><p><strong>Abstract:</strong></p><p>The protests that occurred in Brazil in june 2013 mark in the country's recent history the rejection of a political conjuncture and an attempt to renew the way of doing politics. In them, discourses were made against the increase of bus passes, rejection of political parties and the fight against corruption.. The different positions in this scenario contrast with the polarization of the 2014 presidential campaign and the aggravation of the political-economic crisis that has aggravated dispute between left and right. Despite this, the boundaries of this polarization are not rigid, especially if we look at the protests of 2013 and how they put the discourses for political reform into circulation. Starting from the theoretical methodological framework of the French Discourse Analysis, we have as objective to analyze how the statement "The people woke up!", that circulated in the demonstrations of June of 2013, brings together different ideological positions from the same discursive event.</p><p><strong>Keywords:</strong> Discourse Analysis; Crowd; Discursive Event.</p> Mailson Fernandes Cabral de Souza Copyright (c) 2019 Mailson Fernandes Cabral de Souza 2019-07-09 2019-07-09 9 111 132 10.35501/dissol.v0i9.420 ETHÉ DE CREDIBILIDADE E DE IDENTIFICAÇÃO E DISCURSO DE JUSTIFICAÇÃO NA DEFESA DE DILMA ROUSSEFF http://ojs.univas.edu.br/index.php/revistadissol/article/view/521 <p><strong>Resumo:</strong></p><p><em>O presente trabalho tem como objetivo analisar de que modo se constroem </em>ethé<em> no discurso de defesa da então presidenta Dilma Rousseff (2011-2016), pronunciado quando do julgamento de seu </em>impeachment<em> (29 de agosto de 2016), bem como identificar as estratégias enunciativas de discurso de justificação utilizadas pela oradora. A fundamentação teórica está embasada nos estudos de Charaudeau (2011) sobre os tipos de </em>ethé<em> de credibilidade e de identificação no discurso político, e sobre as características de discurso de justificação. Como metodologia, procedeu-se por analisar o proferimento de Dilma no que se refere aos </em>ethé<em> de “sério”, de “virtude”, de “competência”, de “potência”, de “caráter”, de “inteligência”, de “humanidade”, de “chefe”, e de “solidariedade”, bem como por analisar o uso das estratégias enunciativas que justifiquem os atos políticos da oradora, com base na classificação das estratégias enunciativas de negação, de razão superior, e de não-intencionalidade, que constituem o discurso de justificação postulada por Charaudeau (2011). Dessa forma, o</em><em>s resultados apontam que Dilma Rousseff, em seu proferimento político, constrói alguns dos </em>ethé<em> por nós elencados (cf. CHARAUDEAU, 2011), quais sejam: os </em>ethé<em> de “sério”, de “virtude”, de “competência”; de “caráter”, e de “humanidade”. Além de justificar-se, predominantemente, pelas estratégias enunciativas de negação, da razão superior, e de não-intencionalidade, haja vista o contexto situacional do proferimento, o seu julgamento de impeachment, e sua defesa veemente de que não cometeu crime de responsabilidade fiscal.</em></p><p><strong>Palavras-chave:</strong> ethé<em> de credibilidade; discurso de justificação; </em>ethé<em> de identificação.</em></p><p> </p><p>CREDIBILITY AND IDENTIFICATION ETHÉ AND JUSTIFICATION DISCOURSE IN DILMA ROUSSEFF'S DEFENSE</p><p><strong>Abstract:<em></em></strong></p><p><em>The present work aims analyzing the ethé of credibility and identification, as well as analyzing the enunciative strategies of justification discourse in the political pronouncement of Dilma Rousseff (2011-2016), pronounced at the time of her impeachment judgment. of August 2016. The theoretical foundation is based on the studies of Charaudeau (2011) about the types of ethé of credibility and identification in political discourse, and on the characteristics of justification discourse. As methodology, we proceeded to analyze Dilma's pronouncement relative to the ethos of “serious”, “virtue”, “competence”, “power”, “character”, “intelligence”, “humanity”. “boss”, and “solidarity”, as well as to analyzing the use of enunciative strategies to justify her political acts, based on the classification of enunciative strategies of negation, superior reason, and non-intentionality , which constitute the justification discourse postulated by Charaudeau (2011). The results indicates that Dilma Rousseff, in her political pronouncement, constructs some of the ethé listed (CHARAUDEAU, 2011), which are: ethé of “serious”, of “virtue”, of “competence”; of “character”, and of “humanity”. In addition to being predominantly justified by the enunciative strategies of negation, superior reason, and non-intentionality, given the situational context of the pronouncement, her </em>impeachment<em> judgment, and her vehement defense that she did not commit a crime of fiscal responsibility.<strong></strong></em></p><p><strong>Keywords:</strong> ethé<em> of credibility; justification discourse; </em>ethé<em> of identification.</em></p><p><em><br /></em></p> Alisson Fernando Abreu de Sousa Kennedy Cabral Nobre Copyright (c) 2019 Alisson Fernando Abreu de Sousa 2019-07-09 2019-07-09 9 133 162 10.35501/dissol.v0i9.521 O QUE É GOLDEN SHOWER? EFEITOS DE SENTIDO PRODUZIDOS POR INTERNAUTAS SOBRE O LUGAR DE PRESIDENTE DE BOLSONARO EM PUBLICAÇÕES NO TWITTER http://ojs.univas.edu.br/index.php/revistadissol/article/view/563 <p><strong>Resumo:</strong></p><p>Este artigo analisa quatro comentários de internautas, acerca de uma publicação do presidente Bolsonaro, em 06/03/2019, no Twitter, sobre o que é golden shower. Isso, após publicar um vídeo de nudez pública com um<br />carnalavesco urinando no outro. Assim, à luz da perspectiva teórica e dos procedimentos analíticos da Análise do Discurso de linha francesa (AD), baseado nos estudos de Pêcheux na Europa, Orlandi e estudiosos no Brasil, este trabalho mobiliza os conceitos de sujeito, posições-sujeito, discurso, memória discursiva, formações imaginárias e discursivas, para analisar esses comentários, que funcionam como unidades de sentido em relação à situação.</p><p><strong>Palavras-chave:</strong> Posições-sujeito; Discurso. Memória discursiva; Formação discursiva; Formações imaginárias.</p><p> </p><p>WHAT IS GOLDEN SHOWER? EFFECTS OF SENSE ON BOLSONARO’S PLACE OF PRESIDENT ON TWITTER</p><p><br /><strong>Abstract:</strong><br />This article analyzes four comments from internauts, about a publication of President Bolsonaro, on 06/03/2019, on Twitter, about what golden shower is.This after publishing a video of public nudity with a carnival player urinating on another one. Thus, in the light of the theoretical perspective and analytical procedures of the French Discourse Analysis (FDA), based on the studies of in Europe, and Orlandi and scholars in Brazil, this article mobilizes the concepts of subject, subject-positions, discourse, discursive memory, imaginary and discursive formations to analyze these comments which function as units of meaning in relation to the situation.</p><p><strong>Keywords:</strong> Subject-positions; Discourse; Discursive memory; Discursive formation; Imaginary formations.</p> DALEXON SÉRGIO DA SILVA Copyright (c) 2019 DALEXON SÉRGIO DA SILVA 2019-07-09 2019-07-09 9 163 181 10.35501/dissol.v0i9.563 O ETHOS DISCURSIVO EM O JORNAL DAS SENHORAS: A VOZ FEMININA NO SÉCULO XIX http://ojs.univas.edu.br/index.php/revistadissol/article/view/536 <p><strong>Resumo:</strong><br />Os dois principais centros da produção periodística feminina no Brasil se concentraram em Recife e no Rio de Janeiro e desta cidade saiu o primeiro jornal dirigido por uma mulher, que circulou nos anos 1852, 1853 e 1855. Este artigo objetiva socializar reflexões sobre a voz feminina no século XIX e a constituição do ethos discursivo feminino, a partir de uma pesquisa cujo corpus são os editoriais do jornal impresso O Jornal das Senhoras. Analisamos o editorial da edição de 08 de maio de 1853. Pautamo-nos nos estudos de Maingueneau (1997, 2008, 2011, 2015 e 2016) e Amossy (2008), quanto ao discurso e ao ethos discursivo. E, ainda, em Melo (1985), Souza (2006) e Silva (2007), no tocante ao editorial e Sodré (2011), Mouillaud e Porto (2012), Buitoni (1981, 2009) quanto à imprensa escrita. A análise do discurso do corpus constatou que a voz enunciadora revela não só a consciência da realidade em que estava inserida, como também a necessidade de se lutar pelos direitos das mulheres daquele século XIX no Brasil.</p><p><strong>Palavras-chave:</strong> discurso; jornal; ethos feminino.</p><p> </p><p>THE DISCURSIVE ETHOS IN O JORNAL DAS SENHORAS: THE VOICE FEMININE IN THE 19TH CENTURY</p><p><strong>Abstract:</strong><br />The two main centers of women's journalistic production in Brazil were concentrated in Recife and Rio de Janeiro and from this city came the first newspaper directed by a woman, which circulated in the years 1852, 1853 and 1855. This article aims to socialize reflections on the voice feminism in the nineteenth century and the constitution of the feminine discursive ethos, based on a research whose corpus are the editorials of the printed newspaper O Jornal das Senhoras. We analyze the editorial of the May 08, 1853 issue. We focus on the<br />studies of Maingueneau (1997, 2008, 2011, 2015 and 2016) Amossy (2008) on discourse and the discursive ethos. And in Melo (1985), Souza (2006) and Silva (2007), regarding the editorial and Sodré (2011), Mouillaud and Porto (2012), Buitoni (1981, 2009) regarding the written press. The analysis of the corpus discourse found that the enunciating voice reveals not only the consciousness of the reality in which it was inserted, but also the need to fight for the rights of women of that nineteenth century in Brazil.</p><p><strong>Keywords:</strong> speech; newspaper; female ethos.</p> Sandro Luis Silva Copyright (c) 2019 Sandro Luis Silva 2019-07-09 2019-07-09 9 182 194 10.35501/dissol.v0i9.536 O ETHOS DISCURSIVO EM INTERAÇÕES DE UM GRUPO DE APOIO A FAMILIARES DE PESSOAS COM A DOENÇA DE ALZHEIMER http://ojs.univas.edu.br/index.php/revistadissol/article/view/606 <p><strong>Resumo:</strong></p><p>No Brasil, o contingente da população acometida pela Doença de Alzheimer (DA), é responsável por cerca de 50-70% das demências em idosos (BURLA et al., 2013), fator que limita ou dificulta as atividades diárias e tem impactos diretos na qualidade de vida da pessoa acometida pela patologia e por seus familiares. Nesse contexto, os Grupos de Apoio (GA) constituem espaços importantes de socialização onde familiares e cuidadores podem compartilhar experiências de cuidado e de convívio com a pessoa acometida pela DA. Este artigo visa à análise da noção de <em>ethos</em> discursivo em interações ocorridas no contexto institucional de um Grupo de Apoio. O referencial teórico deste trabalho está fundamentando no campo Análise do Discurso, especificamente nos estudos acerca da noção de ethos desenvolvidos por Maingueneau (1997; 2011) e Amossy (2005). Analisamos um <em>corpus</em> proveniente de gravações de vídeo de reuniões do GA, que são mediadas por um médico neurogeriatra. Os resultados de nossas análises demonstram que ocorre uma alternância de imagens discursivas do médico, revelando a autoridade enunciativa do profissional de saúde e a aproximação com os interlocutores no contexto interacional do GA.</p><p><strong>Palavras chave</strong>: doença de alzheimer; <em>ethos</em>; grupo de apoio.</p><p> </p><p>DISCURSIVE ETHOS IN INTERACTIONS OF A SUPPORT GROUP FOR FAMILY OF PEOPLE WITH ALZHEIMER'S DISEASE</p><p><strong>Abstract:</strong><br />In Brazil, the contingent of the population affected by Alzheimer's disease, according Burlá et al (2013), accounts for about 50-70% of dementias in the elderly, a factor that limits or hinders daily activities and has direct impacts over the life’s quality of the person affected by the disease and his relatives. In this context, Support Groups are important spaces of socialization where family members and caregivers can share experiences of care in the search for a better acceptance. This article aims to demonstrate the notion of discursive ethos in interactions that occurred in the institutional context of a Support Group for family members and caregivers of people affected by Alzheimer 's disease. The theoretical reference of this work is based on the Discourse Analysis field, specifically in the ethos studies of Maingueneau (1997,2011) and Amossy (2005). We analyzed a corpus derived from video recordings of meetings of this group, mediated by a neurogeriatric. The analysis of GA interactions demonstrates the physician as an enunciator of authority through what is enunciated by him, as well as an approximation of the pre-discursive ethos which is revealed in the enunciation scene.</p><p><strong>Keywords:</strong> Alzheimer’s disease; ethos; support groups.</p> Fernanda Ferreira Gimenes Caio César Costa Ribeiro Mira Copyright (c) 2019 Fernanda Ferreira Gimenes, Caio César Costa Ribeiro Mira 2019-07-09 2019-07-09 9 195 212 10.35501/dissol.v0i9.606 DISCURSO E DOCUMENTÁRIO: AS PALAVRAS DA CIDADE EM IMAGENS http://ojs.univas.edu.br/index.php/revistadissol/article/view/526 <p><strong>Resumo:</strong></p><p>Filiados ao domínio teórico e metodológico da Análise de Discurso, propomos dar a ver um percurso de questões (constituído pela sua opacidade) que se colocaram no gesto de se fazer pesquisa. Questões que tocam a questão do funcionamento discursivo da imagem e seu modo de organização. A imagem produz narratividade? De que modo? O corpus da presente reflexão foi construído a partir do recorte de algumas imagens do documentário Território Vermelho (2004), de autoria do cineasta Kiko Goifman. Por se tratar de um modo específico de significar, a imagem, em sua forma de realização no cinema, pelo efeito de captura e edição, pressupõe a relação com o histórico e o social.</p><p><strong>Palavras-chave:</strong> documentário; imagem; interpretação.</p><p> </p><p>DISCOURSE AND DOCUMENTARY: ONGOING ISSUES</p><p><br /><strong>Abstract:</strong></p><p><strong></strong>Affiliated to the theoretical and methodological domain of Discourse Analysis, we propose a script of its questions (constituted by its opacity) that did not put any gesture of doing research. Questions that touch upon a question of the discursive functioning of the image and its mode of organization. Does an image produce narrativity? How? The corpus of the present reflection was constructed from the record of some images of the documentary Território Vermelho (2004), by the filmmaker Kiko Goifman. Because it is a specific way of meaning, the image, in its form of realization in the cinema, by the effect of capture and edition, presupposes the relation with the historical and the social.</p><p><strong>Keywords:</strong> documentary; image; interpretation.</p> Atilio Catosso Salles Copyright (c) 2019 Atilio Catosso Salles 2019-07-09 2019-07-09 9 213 230 10.35501/dissol.v0i9.526 CAZARIN, Ercília Ana; RASIA, Gesualda dos Santos (orgs.). Ensino e aprendizagem de línguas: Língua Portuguesa. Ijuí: Editora da Unijuí, 2007. http://ojs.univas.edu.br/index.php/revistadissol/article/view/468 Vitória Vieira de Oliveira Kurtz de Azevedo Copyright (c) 2019 Vitória Vieira de Oliveira Kurtz de Azevedo 2019-07-09 2019-07-09 9 231 235 10.35501/dissol.v0i9.468